segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Sin City

Sabem o que é? Eu estou cheia de planos para Fevereiro, aí dá aquela impressão que Janeiro veio só para encher o saco.

Ando contando os dias para a minha próxima viagem de férias e para o Primeiro Encontro Ibérico. A minha empresa vai se reunir em Cádiz com a filial espanhola para um jantar de confraternização com os "nuestros hermanos". Espanhóis bofescandalosos, me aguardem!

Apesar de saber que a gente tem que viver um dia de cada vez, blá blá blá, whiskas sachê, a verdade é que eu estou numa vibe "Wake me up when January Ends".

Aí a Mari , vendo que a minha vida anda num marasmo tal, me mandou (em boa hora) um memê. A ideia agora, é eu entrar no confessionário e falar dos meus 7 pecados capitais.

Fiquei lembrando a primeira (e única) vez que eu me confessei. Foi logo antes de fazer a primeira comunhão. Entrei na "casinha dos pecados" e contei todas as coisas impuras que eu tinha feito nos nove anos da minha existência. Ou seja, basicamente os grandes males que eu tinha cometido resumiam-se a falar palavrão, fazer mal-criação e bater no irmão mais novo.

Hoje tenho pecados bem mais interessantes, que eu confesso aqui para vocês:



1) Gula: consiste em comer além do necessário e a toda hora;
Gula é comigo mesmo! Nem é tanto pelo comer em si, mas é que eu tenho ataques de ansiedade horrorosos. Daqueles de comer coisas completamente sem nexo. Pudim com hamburguer, batata frita e iogurte, e por aí em diante. A melhor forma que eu encontrei para combater isso é não comprando besteira para ter em casa.

2) Avareza: é a cobiça de bens materiais e dinheiro;
Tem gente que diz que eu sou pão dura. Discordo completamente! Eu adoro dar presentes, convidar gente pra jantar aqui em casa e etc... Só que eu não posso gastar o que eu não tenho e, infelizmente, a minha senhoria não vai deixar de cobrar o aluguel só porque eu decidi ser generosa...


3) Inveja:
desejar atributos, status, posse e habilidades de outra pessoa;
Claro que, de vez em quando, bate uma invejinha daquilo que outra pessoa tem ou fez. Sempre que o "monstro verde" ataca, eu tento canalizar isso para o lado positivo. Ou seja, não numa perspectiva de "gostaria que a pessoa não tivesse aquilo", mas tentando correr atrás para ter também.

4) Ira: é a junção dos sentimentos de raiva, ódio, rancor que às vezes é incontrolável;
Está aí um pecado que é a minha cara. Eu sou meio sem paciência às vezes. Explodir e dizer coisas sem pensar é comigo mesmo. Arrepender-se depois também. Mas, quando eu estou irada, boto o dedo na ferida e doa a quem doer. Como eu já me conheço, evito falar "de cabeça quente".

5) Soberba: é caracterizado pela falta de humildade de uma pessoa, alguém que se acha auto-suficiente;
Todo bom sagitariano tem a mania que consegue fazer tudo sozinho. Eu não poderia ser a excepção a esta regra. Eu sei que isso não é legal e faço um esforço enorme para admitir que não consigo fazer tudo e que tenho que pedir ajuda quando não sei alguma coisa. Work in progress.

6) Luxúria: apego aos prazeres carnais;
... errrrr... bem... hmmmm... Podemos passar ao próximo?

7) Preguiça: aversão a qualquer tipo de trabalho ou esforço físico.
A minha avó dizia que eu era a rainha da preguiça. Não é para tanto. Tudo bem que tem aqueles dias que eu fico em casa fazendo absolutamente nada. Mas, se não for para relaxar, qual é a utilidade dos domingos de inverno?

E enquanto eu passo a semana inteira pagando penitência no escritório from hell onde eu trabalho, vou mandar o Pedro se confessar.

3 comentários:

By Mari Molina disse...

Após essa confissão, acho que começaremos bem o ano, não é? rssss
Adorei!!!
Beijosss

Marcio Marques disse...

Olá Ana, apenas para constar, eu nasci em 1983 também (só que no dia 14 de maio, o mesmo dia que a Anahí (digo, a loira com cara de moça de família da banda RBD, ou RDB.. enfim, dos rebeldes) nasceu (nossa, mudou a sua vida). Estou meio viciado nas "personalidades" que nasceram no ano de 1983 e deu você no meio do bolo. Bem, parabéns pelo bom gosto, 1983 não teve nada de mais, o garrincha morreu e só. Ah, a Sandy nasceu neste ano também, eo o Michel Jackson fazia o maior sucesso... abraços. Meu blog bobo é http://sleepingwithcannibals.blogsome.com/ mas não tem o charme que o seu tem... uma pena.

Larissa Bohnenberger disse...

Sagitarianas, bem sagitarianas, nós duas! Eu poderia copiar os teus sete pecados e distribuir como sendo meus!
Rssss!
Bjs!