quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Dia 04 – Livro favorito

Não tenho.

Simples assim. Não consigo identificar um livro que tenha mudado a minha vida, o meu modo de pensar ou qualquer coisa. Todos os livros que li contribuíram de alguma forma para o meu jeito de pensar.

Houveram livros que gostei mais, outros que gostei menos e uns que não consegui terminar de ler.

Meu gênero preferido é, sem dúvida, o policial. E, mais que livros preferidos, tenho autores preferidos. Neste momento leio tudo do Daniel Silva.

De vez em quando pego um daqueles livros "clássicos" ou "consagrados" para ler no intuito de saber se os livros são mesmo bons. E, na categoria "livros-que-todo-mundo-gostou-menos-eu" entra sem dúvida "O Perfume". Sim, aquele do serial killer que cheirava tudo. Ô coisinha sem graça.

Mas parando para pensar, porque agora que eu estou escrevendo eu penso mesmo nisso, eu tenho alguns livros que me vêm logo à cabeça quando eu penso nas melhores coisas que li. "Ensaio sobre a Cegueira" é definitivamente um deles. O Outro é o "Capitães de Areia".

E eu leio um pouco de tudo. Tem gente que baba em frente a lojas de roupa e sapatos. Para mim a tentação são as livrarias. Tenho pena que os livroes sejam tão caros. Pagar 18 Euros por 200 páginas não cabe na cabeça nem no bolso de ninguém. No entanto, e como uma luz no fim do túnel, descobri a literatura de bolso.

Aí virei compradora compulsiva de livros. Compro tudo o que custe menos de 3 Euros. Acho que literatura de bolso tem esse nome justamente porque pesa menos. Em todos os sentidos!

2 comentários:

Kell Alves disse...

Pensei q fosse a única q não tem um livro preferido. Agora diferente de vc, o mesmo vale para músicas, programas de Tv, filmes. Existem preferidos, mas preferidO não!

P.S. Engraçado, mas 'Capitães de Areia' está entre os q não gosto!

Rodolfo disse...

a areia do seu blog me chamo atenção


Ja pensou em roubar livros? acho q nao é sua praia... rs. onde vivo, sem acesso a muita coisa, resta assaltar, assalto a cultura.