sábado, 13 de junho de 2009

Férias fail

Quando o bofescândalo me convidou para passar um fim de semana fora porque ele tinha alugado um apartamento para nós eu pensei que com "nós" ele quisesse dizer "nós dois". SÓ nós dois. E não "nós" no sentido de eu, você e metade da torcida do Flamengo.

Todos os dias tinham vários programas envolvendo os amigos dele. Gente mais velha (quase todos já em idades terminadas com "entas") e cheia de dinheiro. As conversas rondavam sempre temas relacionados com carros, viagens de férias para o nordeste brasileiro e dinheiro. Ora, dinheiro eu não tenho. Carro, tenho um que vive dando problema. E as minhas viagens são todas "low cost" dentro da Europa mesmo. Como vocês devem imaginar eu não tinha muito assunto.

Acabei descobrindo a diferença entre estar sozinha e sentir-me só. Porque eu nunca me sinto só quando viajo sozinha.

Mas a culpa foi minha que não soube interpretar os sinais. Afinal, um quarentão que compra um Porsche conversível e faz ginástica tem escrito na testa "crise de meia idade". Eu é que não soube ler. E não vamos falar do Porsche porque eu passei três dias ouvindo falar do "maquinão" com bancos de pele em que você não pode nem suar que é para não estragar o couro. Bom, se o carro tem alergia ao suor, nem preciso falar de outros fluidos corporais, certo?

Enfim, a gota d'água foi quando fomos ajudar o amigo dele a fazer uma mudança de casa. Putaquel! Eu estou de férias e tenho que ficar um dia inteiro montando e carregando móveis?? Tem dó, né?

Uma vez que falar sobre isso não iria dar certo, decidi acabar com a brincadeira do jeito mais An@Lu possível. Arrumei a mala e disse:

- Vou para casa.
- Como assim?
- Vou para a minha casa em Lisboa. Tchau.


Ele ficou com cara de tacho e eu peguei um táxi e depois enfrentei três horas no buzão de volta para o meu "home sweet home". E querem saber? Me senti muito bem! O pior foi a gripe que eu peguei, porque pobre é assim: nem pode andar de carro conversível que fica logo gripada!

9 comentários:

MaxReinert disse...

huahuahauha... eu tenho meeedo de vc!!!! Muito medo!

outrocantinhomari disse...

uauuuu ... és o que se pode chamar uma mulher de tomates :D :D
já sou sua fã (eheheheheheh)

bijinho* e as melhoras

Coisas de Ta disse...

kakaka

Porque pobre é assim: nem pode andar de carro conversível que fica logo gripada!

Boa!Adorei!!!

Dedinhos Nervosos disse...

hahahah Largou o cara lá? Booooaaaa! A pior coisa do mundo é sentir-se só quando está rodeanda de gente... chega a ser triste. Ainda bem que vc reparou nisso no mesmo momento e teve forças para mudar.

Olly disse...

Adoro e apoiada a decisão! Beijos

By Mari Molina disse...

AHAHAHAHA!!! Analu tu és o máximo mesmo!
Garota decidida!
Muito bem. Gostei da atitudo.
Beijo

By Mari Molina disse...

Deixei uma surpresa lá no blog pra ti.
Beijo

Larissa Bohnenberger disse...

Ahahahhahahhah!
Isso é o que dá não saber ler as 'entrelinhas' de um bofescândalo. Agora, posso perguntar uma coisa? Quantas férias vc tira por ano? Rssssss!

Tem selinho pra vc lá no blog!
Bjs!

M. Nilza disse...

rssssssss... Vc é muito boa escrevendo e deve ser tbm pessoalmente na conversa

Acho que vc fez muito bem, independente da idade, fazer o que não se gosta é o pior que pode acontecer nas férias e fora delas.

Beijos