segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Judia de mim!

É definitivo. Durante os últimos três dias fui tão mimada que, de hoje em diante, qualquer futuro namorado vai ter que se esforçar muito para me agradar. Porque estava eu aqui achando que o cavalheirismo tinha sumido da face da terra e foi preciso vir um cara de Israel para me mostrar o contrário.

Gente, ele chegou no sábado e me trouxe flores! FLO-RES!!! Não, e não foram rosas vermelhas, tipo clichê. Ele trouxe uns lírios cor de rosa num arranjo lindo. Depois me deu uns incensos de alfazema super cheirosos, directamente vindos de Israel. IN-CEN-SOS!!!

Mas até aí tudo bem. Ele estava hospedado na minha casa de graça, normal que mostrasse alguma gratidão através de presentinhos fofos. Mas daí a acordar mais cedo para ir à padaria comprar café da manhã para nós dois... E hoje não só trouxe o café da manhã como comprou uma mousse de chocolate para eu levar para o trabalho e comer de sobremesa. Porque ele queria que eu tivesse uma segunda-feira doce... Pode uma coisa dessas?!

E por falar em doce, todos os dias ele chegou aqui com um docinho pra mim. Ainda bem que ele vai embora amanhã, porque senão em um mês nem com todo o jiu jitsu do mundo eu ia caber dentro das minhas calças jeans.

Como se não bastasse isso tudo, ele viu que eu adorei os incensos e comprou mais numa lojinha em Lisboa. E comprou umas velas com cheirinho de morango também. Mas o melhor mesmo foi ele trazer uma cenourinha para Estrela Regina, com um lacinho vermelho em volta. Óun!

E eu poderia ficar hooooras falando de todos os assuntos que nós conversamos. Perguntei sobre o dia-a-dia em Tel Aviv, costumes judaicos, o medo de ataques terroristas, o ressentimento em relação ao Holocausto e tudo aquilo que a gente vê nas notícias ou ouve falar sobre o povo de Israel. Satisfiz toda a minha curiosidade sobre os judeus, sobre o conflito com os árabes e a relação com os cristãos. Ele respondeu com a maior paciência, sinceridade e sem qualquer tabu.

Sério pessoal, estou a dois passos de me converter e sair cantando Naguila Hava pelas ruas de Jerusalém.


Mazel Tov!

5 comentários:

Pedro Mateus disse...

o cara era gay esta explicado ahahah :D

cenoura com laço? ...

:) just kiddin deve ser porreiro tirar todas essas duvidas sobre essa gente '''''esquisita''''' afinal jesus era um deles

ja agora..acho q sao os judeus q fazem tds akela operação?!:PPPP ou poupaste nos detalhes

princesites disse...

é... vou precisar voltar aqui mais vezes..

Olly disse...

esse é o mesmo cara do gateui ou vc é uma sortuda?

beijos

Larissa Bohnenberger disse...

Ah... que cuti cuti!
Será que é necessário ir para tão longe para ter a pequena chance de, de repente, encontrar um desses???
Bjs!

Patrycia disse...

Putz! Quanta delicadeza! Mas antes de enveredar pelos caminhos judaicos, procura se certificar de quantas esposas ele pode ter... kkkkkk

Ah! E o outro, do petit gateu?? Ligou ou não ligou??