sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Ganhe 30 minutos

A primeira vez que eu ouvi falar em Carpinejar foi numa madrugada sem sono, há uns anos três ou quatro atrás. Tropecei num blog por acaso. Provavelmente relacionado com uma pesquisa qualquer do google. Li um texto que não se relacionava em nada com a pesquisa. Mas falava de mim.

Me apaixonei, claro. Depois de um veio a vontade de ler outro. E outro. Só mais um. Quando vi, já era manhã e eu tinha passado a noite com ele.

Decidi escrever-lhe um e-mail. Naquela época eu ainda não sabia que os blogs mereciam comentários. No dia seguinte, ele me surpreendeu com uma linha:

Obrigado pela ternura, Ana Lu. Por isso estou dormindo tão bem, tua insônia está me cuidando.
beijos
Fabro


Desnecessário dizer que ele ganhou uma fã. Leio-o, devoro-o sempre que possível. Ah, e caso vocês não saibam, ele é um dos responsáveis pela existência desse cantinho virtual.

Hoje assisti a entrevista dele no Jô. Dei gargalhada demais e achei injusto não partilhar com vocês.

São 30 minutos de aula sobre amor, ciúme e relacionamentos, temperada com muito humor.









2 comentários:

Larissa Bohnenberger disse...

Adoro o Carpinejar!
Nãi consegui assistir a toda entrevista porque tenho que me arrumar para sair (sábado à noite tudo pode mudar), mas amanhã eu vejo!

Bjs!

Irremediavelmente Inconformado disse...

ahahah muito bom, nao conhecia!