quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Rei Morto, Rei Posto

Portugal tem o Dom Sebastião, que é o rei que não morreu. Reza a lenda que ele sumiu no meio de uma batalha mas que irá regressar numa manhã (ou seria noite?!) de nevoeiro.

Eu tenho uma vocação especial para atrair os Sebastiões que andam por aí. Caras que somem assim do nada, sem mais nem menos. Não deixam nenhum sinal. Parece que evaporaram no tempo e no espaço. Aí numa bela manhã de nevoeiro resolvem voltar, também sem mais nem menos, para reclamar o trono.

Minha gente, como diz o ditado: "Rei morto, rei posto". E, além do mais, por aqui tem um feito um sol...

4 comentários:

MaxReinert disse...

...como diríamos por aqui: a catraca gira, a fila anda!!!!!

By Mari Molina disse...

Analu,

Na minha vida também passaram alguns personagens como esse (Sebastiões).
Nos dias de Sol saem para as festas, quando neva, deprimem.
Assim como você, não acredito na possibilidade de volta. Figurinha repetida não completa álbum.
Sem chance!
Beijinhos

Larissa Bohnenberger disse...

Chuta que é macumba!
Fantasma não é comigo!
Acho que nem contigo, né?
Figa, pé de pato mangalô três vezes!!!
Bjs!

outrocantinhomari disse...

é isso mesmo!!! ... e que esse sol não deixe de brilhar nunca ;)