quinta-feira, 23 de abril de 2009

Andar com fé eu vou...

Vocês podem não acreditar, mas eu já quis ser freira. Isso foi o resultado de 10 anos num colégio católico. Eu fiz primeira comunhão porque era "fashion" e todo mundo fazia. Eu rezava na hora da entrada, na hora do recreio e antes de sair. Até hoje sei as orações de cor e salteado.

Depois, na adolescência tive a fase do ateísmo. "Deus não existe, coisa e tal!".

Hoje em dia sou mais moderada. Acho que fé é uma coisa pessoal e intransmissível. Sou contra fundamentalismos e guerras santas. Porque não há mais nada do que isso: fé. É uma questão de acreditar, sem provas, sem nada. Por isso, apesar de discordar de quaisquer religiões organizadas, sou defensora acérrima da liberdade de cada um acreditar no que quiser e viver de acordo com as suas crenças.

Eu, por exemplo, acredito na energia positiva e na força das palavras. Das coisas que já li, acabei me apaixonando por duas orações. Uma delas acabou virando o meu pequeno "mantra" pessoal, que eu repito sempre que preciso de força e protecção.

Como hoje é dia de São Jorge, lembrei de partilhar com vocês essa oração que eu gosto tanto.

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.

4 comentários:

MaxReinert disse...

Amém.... essa sua fé é a das boas!!!

M. Nilza disse...

Hummmmmmmmmmmm amei o texto, sua objetividade e simplicidade realmente convencem e é gostoso ler suas linhas.

Acho que um pouco de maturidade faz isso conosco, hj eu tbm bastante católica, filha de uma quase beata..rs tbm acredito muito na fé de cada um e na força positiva que usamos para que essa fé surta o efeito certo.

Amo a oração-canção de São Francisco de Assis.

Beijos

outrocantinhomari disse...

também gosto dessa oração :) transmite segurança; mas em relação à religião tem dias. acredito numa força superior que nos guia espiritualmente,
não no fanatismo da Igreja.
bijinho* e bom f-d-s

By Mari Molina disse...

Acredito que a fé é, nada mais nada menos, uma forte esperança que guardamos no íntimo. Perder a esperança, seria perder a fé?
Beijos e bom fim de semana!