terça-feira, 12 de maio de 2009

De volta para o futuro

Vocês já devem ter ouvido que os pais se preocupam com o futuro dos filhos, não é? Pois é a minha mãe leva isso mesmo ao extremo. Afinal, quando eu começo a achar que ela tem um parafuso a menos, ela me mostra exactamente o quanto eu estou certa.

- Oi filha, preciso falar com você.
- Diz, mãe.
- Lembra da minha amiga que joga tarot?
- Sim.
- Então... Eu estava falando com ela por telefone e ela perguntou por ti.
- Ah, legal. Manda um beijo pra ela também.
- Aí a gente estava conversando e ela acabou botando as cartas pra você.
- Coméquié??? Você estava falando com a sua amiga e aí resolveram jogar tarot pra mim por telefone???
- É!

O mais engraçado é que ela disse isso com o tom de voz mais normal do mundo. Gente, eu não sei quanto a vocês, mas eu me sinto tão violada na minha privacidade astral...

4 comentários:

Karol disse...

:)

Chaiane disse...

Já passei exatamente pela mesma situação.
Minha mãe tem uma amiga que lê tarô e ela às vezes da uma 'espiadinha' ¬¬'

By Mari Molina disse...

Eu não gostaria. Sou reservada. Não gosto de interferir na vida de ninguém e, consequentemente, não admito, não gosto, que especulem a minha. A única coisa que devemos considerar no seu caso, é que foi sua mãe. Damos um desconto por isso. Mãe é mãe. Elas fazem isso sim.
Beijos

outrocantinhomari disse...

a Mari tem razão ... mãe é mãe. pode (quase) tudo ;)
bijinho*