segunda-feira, 30 de novembro de 2009

It's my party and I'll cry if I want to

Tem um dia no ano que a gente marca de ficar mais velho. Parece que é uma data em que tudo muda. "Ah, agora eu sou mais velha!". Tá, até parece...

Enfim, aqui estou eu comemorando 26 anos de existência. Sim, porque de vida eu devo ter menos tempo. Todo mundo tem alturas que parece que se limita só a existir. Aqueles domingos preguiçosos no sofá, aquelas semanas em que a rotina casa-trabalho-casa estressa tanto que nem dá pra pensar em mais nada. São tempos onde você liga o "piloto automático" e interage com os outros mais por hábito do que por outra coisa. "Bom dia, tudo bem?", "Por favor", "obrigada" e "até amanhã" parecem saídos do estudo de Pavlov.

Aí eu fico pensando que se eu somar o meu tempo de vida, talvez eu ainda não tenha atingido a maioridade. Mas, ainda assim é ocasião de celebrar.

Mas eu mal entrei nos 26 e já estou filosofando?! Deve ser do dente do siso que resolveu dar as caras justamente essa semana.

Hoje, como presente, ganhei um novo emprego. Ainda não é "o" emprego, mas um passo em frente.

E o que interessa, no fundo, é que nunca se deixe de caminhar.

5 comentários:

Maricid disse...

... que tenha sido um dia muito doce, sem lágrimas :) :) :)
biju*
(e boa sorte para o novo trabalho)

Larissa Bohnenberger disse...

Adorei a filosofada! Vou começar a contar meus anos de vida, e não de existência! Ainda nem entrei na adolescência!!! Uhuuuuuuu!!!

Mais uma vez, Feliz Aniversário, todas as coisas boas do mundo pra ti!

Bjs!

Tati disse...

Adoro aniversário! E por conta dessa empolgação toda acabo mandando o tal "feliz nova idade" pelo orkut, pelo twitter,e pelo blog... é mais do mesmo, mas superlativo!

Bjs de aniversário!

Val disse...

Ana, que seu "ano novo" seja do jeito que vc deseja. Felicidades!

Dedinhos Nervosos disse...

Feliz Niver atrasado! Tudo de ótimo pra vc! E esqueça de ficar filosofando sobre se teve mais um ano de vida, ou se tem menos 1. Conselho de quem está com 36! heheheh
Beijos!