quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Reticências

De um jeito ou de outro, a gente se atura e se adora. Se procura, se devora. E então tudo é perfeito. Eu e você, suas taras, minhas manias, nosso jeito...

2 comentários:

Dedinhos Nervosos disse...

Que bonito isso. Muito sensual.
Bj.

Larissa Bohnenberger disse...

É isso que importa. A aceitação mútua dos defeitos do outro.
Bjs!