quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

É isso aí...

Eu li por alto todos os posts desse ano e concluí que 2009 foi um ano que passou. Teve alguns pontos altos mas, em grande parte, simplesmente passou. E sem deixar muita saudade.

Basicamente o primeiro semestre foram estresses com o emprego. Tirando a viagem a Amsterdam que foi - provavelmente - a mais divertida que fiz até hoje e a mudança de apartamento, eu só me vi reclamando do trabalho, cansada e estressada. Ou seja, eu nem dei pelos primeiros 6 meses de 2009.

É incrível como a gente se habitua a viver assim "mais ou menos". Acorda, trabalha, volta pra casa. Fala menos com os amigos que poderia, faz menos coisas divertidas que queria e sai com mais caras idiotas que deveria.

Depois veio Julho e, não obstante o desemprego e as preocupações chatas com o dinheiro, parece que as coisas mudaram pra melhor. Na verdade acho que fui eu que fiquei mais leve. Vejam bem, o meu trabalho agora está sendo feito por três pessoas. Três!!! Afinal não é à toa que eu reclamava.

Fui à Tomatina, passei a sair mais e estar com as pessoas que me faziam bem. Gente super alto astral que, em pouco tempo, se fizeram amigos de uma vida. Sorri mais, vivi mais e como resultado disso, escrevi mais.

Mas nem é que o segundo semestre tenha sido assim tão maravilhoso. O primeiro é que foi, sem sombra de dúvida, uma merda.

E agora eis que chega 2010. Para ser sincera, não tenho grandes planos no horizonte. Tenho que recuperar um rombo no meu orçamento e prometi para mim mesma ser mais organizada. Também me prometi fazer mais planos, porque eu me sinto assim meio sem rumo. Buscando um não-sei-quê constante.

Só que uma coisa é certa. Decidi não cair no mesmo erro e não deixar 2010 passar. Por isso, em 2010 quero arriscar mais e deixar de lado essa segurança da vida "mais ou menos". Porque mesmo sabendo que não dá pra mudar a direcção do vento, eu contento-me em saber que eu posso ajustar as velas pra chegar onde eu quero.

Feliz 2010!

1 comentário:

Larissa Bohnenberger disse...

Ana, Feliz Ano Novo!

Que 2010 não venha pra ser um ano mais ou menos. Que venha para ser mais! E que 2009 fique completamente para trás, vagando em meio a um passado de que não vale lembrar. Também não sentirei saudades!

Bjão!