quinta-feira, 18 de outubro de 2007

No, I'm coming to you

Eu sei... Exagerei no romantismo... Mas "ele" me deixa assim... Fazer o quê?

É horrível viver em contagem decrescente. Os dias que faltam até ao fim do mês, as horas que faltam para sair do trabalho, os minutos que faltam para apanhar o trem, os segundos que faltam para te ver...

Quatro meses de curso de italiano foram bastantes para dizer, na hora certa:
- Possiamo prendere un caffé insieme?

Vinte segundos foram precisos para mudar o meu dia:
- Are you coming to Lisbon?
- No, I'm coming to you!

E foi só preciso um segundo para lembrar de nós. De tudo sobre nós.

De como Lisboa tinha outro cheiro, outra cor quando você passeava comigo... De como o Francesco e a Vittoria teriam sido lindos... "Com os meus olhos, mas com o teu olhar"... De como você ia aprender português porque às vezes eu canso de falar outras línguas... E de como... Ai... Tanta coisa que veio assim, de repente...

Lembrei até de como tudo acabou. No aeroporto. Onde tudo sempre acaba. Lembrei do gosto amargo do último beijo, da tristeza do último abraço. De como eu achei que a gente nunca mais ia se ver.

E eu voltei para casa pensando em Vinícius, em quem eu penso sempre depois da paixão: "Que não seja eterno posto que é chama...".

Agora vai ser infinito de novo.

E você se pergunta por que eu nunca falei de ti? Egoísmo. Eu queria você só para mim. Como uma lebrança, um segredo gostoso só meu. Mas hoje você não é mais uma lembrança. Hoje você é uma promessa.

Amanhã você será uma realidade.

12 comentários:

Net Esportes disse...

bem interessante !!!! o blog inteiro está legal.... parabéns

Camila Passatutto... disse...

ahhh esse texto é daqueles q dá uma dorzinha no coração...principalmente pra quem já viveu algo mto parecido...será q tu exagerou no romantismo? acho q abusou das palavras e de como colokou os sentimentos nelas...palavras são apenas palavras se não há uma pitada de sal rsrsrsrs

adoreiiiiiiii

César Fernández disse...

que lindo
:D

Antonoly disse...

Romantismo puro heim!!! legal isso!!
Beijos!

www.ooohay.wordpress.com

Jonathan disse...

Que romântica.

Tenho uma frase bela pra vc: "Aquilo que o coração amou fica eterno". É de Adélia Prado e acho que vem ao encontro do clima de seu texto.

Muito legal. Continue escrevendo assim, pois é prazeroso te ler.

bjim.

Jonathan disse...

Que romântica.

Tenho uma frase bela pra vc: "Aquilo que o coração amou fica eterno". É de Adélia Prado e acho que vem ao encontro do clima de seu texto.

Muito legal. Continue escrevendo assim, pois é prazeroso te ler.

bjim.

Marshmallow disse...

Hummm, muito bonito o texto. Meus parabéns!

Zanfa disse...

Bem romântico mesmo. ;D

Parabéns pelo blog.

Hiteri disse...

Você é be romantica ehin?
Poxa, bonito.

Quando a gnt leva a serio algum relacionaente com alguem promissor, tudo flui. Ai você redeescobre o que é amar e descobre o que realmente é amar.
É algo divino. Sentimento eternizador de momentos e instantes que se apaziguaram nos corredores da eternidade.

Que viva a nostalgia.
Que vivam as doces lembranças.

Capixaba disse...

Um texto do tipo que ainda manda flores, bem romantico!
parabens srt ana

Rubênia disse...

humm


who's the hot guy?


Que bom que além de lembrança ele é tmb uma promessa.

Boa Sorte!

=]

Capixaba disse...

Menina sem mãe é maldade auhuahuahuahuahua

credo prefiro o boi de cara preta