quinta-feira, 17 de abril de 2008

À flor da pele

boomp3.com

Ando tão à flor da pele...

Nenhuma outra frase descreveria tão bem o meu estado actual como essa. Ando tão à flor da pele que eu já nem sei quem sou.

Estou chatinha, irritadiça, stressada, mal humorada. De um jeito que não é normal em mim. Já vi pessoas se desviando quando eu passo, parecendo uma locomotiva. Já me descreveram como "soltando fogo pelas ventas".

Dor de cabeça se tornou uma constante. Falta de paciência também. E principalmente isso. É que eu já nem me reconheço mais. Já gritei, dei murro na mesa, rasguei papéis e mais papéis. "Caralho" passou a fazer parte do meu vocabulário. E quando à pessoa está meio perdida, eu tenho sido a primeira a dar indicações de onde o cidadão deve se dirigir. E não, não é um lugar agradável.

É como se a TPM tivesse se tornado num estado definitivo na minha vida. Parece que tudo e todo mundo me irrita. Sinto-me meio bomba relógio. Como se a qualquer momento eu pudesse explodir. Eu nunca tive sangue de barata, mas nunca fui assim. Aliás, sempre fui descrita como sendo "uma paz de alma", numa vibe zen. Agora estou irreconhecível. Até pra mim.

Insuportável, sem saco e sem vontade. Querendo sentar a mão na cara de todo mundo, xingar até a quinta geração das pessoas. Estou naquelas alturas em que dou graças aos céus por não ter marido, namorado ou algo do gênero. É porque se eu fosse meu marido, eu me divorciaria de mim.

Já agora... Será que dá para eu me divorciar de mim mesma?!

2 comentários:

carol szarko disse...

Ana, eu sei exatamente como te sentes.
A leitura do teu post parecia uma descrição de mim mesma. Há muito tenho me sentido assim. :(

Só que, no meu caso, a explicação são os "distúrbios psiquiátricos".
É.
Levando em consideração, diria que eu vivo em surto.


Mas tenta relaxar. Aproveita o final de semana e se concentra em ti. Tenta fazer algo qeu tu REALMENTE goste e que te faça sentir bem.

:)

MaxReinert disse...

Eita!!!

Vamos fundar um clube!!!

Eu quero ser sócio fundador!